strudel de maçã com massa filo.

Strudel de maçã com massa filo sem adição de açúcar Esta é daquelas receitas que adoro fazer e me sabe muito bem em qualquer altura. É um doce que não é muito doce e conforta a alma.

Ler mais »

Ser mãe (pais) no séc. XXI em ConfinAMEnto. O poder do agora

Estamos agora, neste preciso momento, a criar memórias. Aquelas que já moram no futuro e daí em diante…as que ficam para sempre e se repetem de geração em geração, aquelas que se transmitem consciente ou inconscientemente, com alegria, orgulho, tristeza ou mágoa. O poder do agora é precisamente este…estamos a deixar boas sementes/memórias para o futuro das nossas crianças?

Ler mais »

Acordar com as galinhas e correr com as ovelhas

Gosto de acordar antes do sol.
Gosto desta minha rotina madrugadora.
Acordar devagarinho, espreguiçar-me como os gatos, alongar o corpo, beber uma caneca de café bem quentinho e de fazer uma pequena meditação enquanto todos em casa ainda dormem. Depois visto o equipamento e vou correr.

Ler mais »

Falafels de grão no forno

Falafel de grão no forno com tudo a que temos direito.
No pão, com molhos e recheios coloridos.
Esta é uma daquelas refeições cheias de sabor, ideais para quando se tem fome e vontade de comer.
Sim…vamos alimentar o corpo e as emoções. Sem peso na consciência, sem culpas com ingredientes bons, saborosos e que saciam.

Ler mais »

Buddha Bowls. A regra de ouro.

Buddha bowls 
São uma ótima opção para comer de “tudo um pouco “ nas proporções ideais e dos vários grupos alimentares. 

Fácil de preparar e maravilho ao paladar!
No fundo é como o bacalhau… há mil e uma formas de o fazer.

Ler mais »

Despir o Preconceito

É Incrível como em pleno século XXI ainda olharmos para estas imagens da revista Cristina de forma pouco natural. “Cristina Ferreira nasceu para agitar as águas” e a revista Cristina causa sempre polémica. É tão bom quando assim é…
É sempre uma oportunidade para nos atrevermos a passar o cabo das Tormentas e a perceber que do outro lado há mais mundo.

Ler mais »

O lado que poucos conhecem

Provavelmente este é o texto mais difícil de escrever.

Resumindo muito resumidamente.

Quando somos crianças achamos, na nossa inocência, que no geral somos todos iguais. Depois vamos crescendo e percebendo que afinal… há detalhes que nos diferenciam e até nos podem distanciar.

Ler mais »